Drama
Adeus, fabiane

Definitivamente, a felicidade não fazia parte do roteiro da vida de Fabiane. E quando acreditava que, finalmente!, havia terminado todo o pesadelo da sua vida no Brasil, e que poderia ser feliz a viver aqui em Portugal ao lado da sua primeira namorada, ontem, domingo á noite, começou a sentir-se muito mal, "quase não podia respirar", e teve de ser imediatamente transportada para o hospital Amadora Sintra, acusando tuberculose e pneumonia agravadas, para alem de uma grave infecção vaginal (quadro este, provavelmente, devido a uma infecção por VIH), vindo a falecer  cerca de 4 horas depois...
Que mais poderemos dizer sobre Fabiane ? Falta-nos as palavras... E tudo o que nos ocorre vem afogado em tantas lagrimas que não nos é possível continuar a escrever...

Resta-nos o consolo destas suas palavras:
"Consegui mais coisas boas nesta ultima semana, aqui em Portugal, do que em toda a minha vida no Brasil..."
Fabiane   

Recordamos, que Fabiane (Nome fictício), lésbica brasileira de 28 anos, cozeu a vagina depois de ter sido abusada sexualmente pelo pai, pelos 8 irmãos, pelo avô, por 3 tios, por diversos vizinhos, por desconhecidos... desde os 6 anos de idade!
Na segunda semana de agosto, em Lisboa, onde Fabiane se encontrava, á dois meses, depois de ter fugido do Brasil, foi confundida por um travesti, quando vagueava perdida pela Zona de Monsanto, e foi violada por dois emigrantes do leste, que tb a espancaram... Na manhã seguinte Fabiane foi encontrada por um casal de lésbicas, donas de uma lavandaria no Benfica, que vive no Cacem que a recolheu e lhe ofereceu um emprego como empregada domestica em sua casa. Tudo, parecia ter terminado bem para Fabiane que, inclusive, um dia depois conheceu a mulher da sua vida, uma empresaria bem sucedida de origem francesa,de 36 anos, a viver em Cacais, por quem confessou ter-se apaixonado "á primeira vista"... Mas... era tarde de mais para Fabiane... 


Regressar á primeira página