Pedro Nascimento  foi barbaramente espancado por um grupo de jovens homofobicos no parque Eduardo VII, onde se encontrava a recolher elementos para uma reportagem a incluir no primeiro numero de relançamento da revista SG.
Há muito que este grupo de jovens homofobicos vem aterrorizando o parque. Infelizmente, até ao momento, que se saiba, nenhum gay ainda teve a coragem de apresentar queixa na policia. Por este motivo este grupo  tem agido impunemente deslocando-se, quase diariamente ao parque, varias vezes por noite,  como aconteceu nesta ultima quarta feira, para agredir os gays. E a sua  confiança de impunidade era tanta, que mesmo depois de terem espancado violentamente o editor deste site perante as diversas testemunhas que se encontravam nas imediações, e que ocorreram ao local, voltaram novamente ao parque. Onde foram, pouco depois,  "identificados" pela policia.

Entretanto, Pedro Nascimento foi transportado para o hospital de São José. Onde deu entrada com diversos golpes e hematomas  pelo corpo, cabeça e rosto, permanecendo ai internado durante cerca de 22 horas. Tendo de receber vários pontos e submeter-se a diversos exames...

Esperamos que agora que este grupo de delinquentes homofoficos já  está  identificado, que os gays que tenham sido, ou venham a ser, agredidos, tenham, finalmente, a coragem de ir apresentar queixa na esquadra.

"Há alturas. Em que quase, tenho vergonha em ser gay. Até quando é que os gays vão limitar-se a fugir com o rabo entre as pernas cada vez que  forem humilhados ou espancados, em lugar de fazerem valer os seus direitos ? Tenho pena, que em Portugal existam tantos "paneleiros" e tão poucos gays que mereçam realmente ser respeitados..."
Pedro Nascimento


Informação de ultima hora: O chefe do referido bando que ataca os gays no Parque Eduardo VII, chama-se Bruno Alexandre. É magro e alto, tem o cabelo pintado de louro, e costuma frequentar o Parque na companhia de "Pai já vai" (alcunha), e de Eduardo (Tlm: 918 358 380 / 916 907 255), e de  um outro que tb se chama Bruno Alexandre, alto e cabelo castanho, que é bombeiro nos Sapadores, na Av. D. Carlos I. e é conhecido pelo apelido "Rios"....


Primeira pagina