De: "Artur" 
Assunto: Religião
Data: Domingo, 6 de Abril de 2003 6:57

Na página para cegos gays http://sgcegos2.planetaclix.pt PN escreveu: "As religiões em geral são alienantes e impedem as pessoas de evoluir espiritualmente, perpetuando a irracionalidade e o preconceito"
Eu comento:
Sou Adventista do Sétimo Dia e em parte concordo com esta perspectiva dentro da igreja em que estou inserido. Mas não podemos generalizar, pois generalizar é sinónimo de preconceito: nem todos os gays são bichas, nem todas as igrejas são conservadoras: existem igrejas que aceitam e consagram mesmo pastores gays. Na Holanda existe aigreja adventista do sétimo dia GLBT.
Ao contrário do que vulgarmente se defende, a bíblia (não estou a falar de religião ou de igreja, mas da Bíblia apenas) é um manancial de conhecimentos maravilhosos que eu só vim a descobrir depois que deixei de seguir os passos de qualquer religião. E essa teoria não é defendida apenas por padres ou pastores, mas também por agnósticos e até mesmo filósofos e ateus.
Relativamente à frase escrita acima, eu faria uma correcção, ficaria assim:Os grupos em geral (inclusive os movimentos gay) são alienantes e impedem as pessoas de evoluir humana e espiritualmente, perpetuando a irracionalidade e o preconceito".
Cumprimentos
Artur

Comentar

De: Gays_Com_Cristo@yahoogrupos.com.br
Sent: Sunday, April 06, 2003 7:35 AM
Subject: Re: [Gays_Com_Cristo] Religião


Sim, Renato. as pessoas procuram colocar culpa na religiao, talvez por estarem ja tao machucadas pelo proprio preconceito que as impedem de enxergarem qualquer coisa que lhes é mostrada. a comunidade gay em especial, que é alvo de preconceito direto e aberto, tem grandes problemas em aceitar o cristianismo e o que geralmente acontece é negarem ou se afastarem da fé cristão por esta tê-los machucado. esta atitude, porém, nada mais é que um ato preconceituoso rebatido, como uma ato de ação e reação. não será criando um mundinho diferente que estaremos livres das "garras do mundo hetero". ser cristão e ser gay pode ser difícil, assim como é difícil ser professor e ser gay, mas nem por isso eu deixo de dar aulas (ou será que eu deveria criar uma escola só para gays e instituir que as escolas são um antro de hipocrisia,  que tencionam a formação do cidadão e e excluem a homossexualidade?). acho legal  a formação de diferentes grupos homossexuais, afinal a sociedade em si é feita de castas, mas atacar ao ofensor é só uma forma de aumentar o campo de guerra e o retorno do preconceito.

devemos nos lembrar que deus nao mandou uma religião ao mundo para nos salvar, ele mandou jesus, que abriu mão da sua majestade e celestialidade por nós, pra que a gente pudesse olhar pra ele e enxergar o pai. a religião, no entanto é uma instituição divina. deus reuniu o povo dele pra que eles se organizassem num padrao, e não precisa ser muito inteligente pra entender que sem uma padronização, por mínima que seja, não há algo. se atacamos a religião, devemos ser honestos o suficiente para atacarmos todos os outros grupos padronizados: escolas, governos, comércio, amizades etc. a padronização é sim alienante, a religião é espiritualmente alienante assim como a escola é epistemologicamente alienante limitando o sujeito ao grupo finito de cognoscência que ela suporta.  mas o indivíduo por si só não é alienante, porque em cristo não há limites, todas as coisas nos foram dadas pela herança em jesus e toda a sabedoria nos é revelada através do espírito santo.

fazer parte de uma religião é importante, nós somos um sistema e é preciso que sejamos parte de um sistema maior. não importa o que prega a religião, porque como falou o renato sobre a experiência dele, não é a religião que nos revela deus, mas sim o espírito santo. jesus disse que o único caminho pra se chegar ao pai é através dele, nunca mencionou nenhuma religião. mas a bíblia enfatiza também a necessidade de sermos o corpo de cristo e não um membro solto. religião é para socialização e conhecimento, o crescimento espiritual vem através do espírito santo, ele que é que é o responsável em guiar-nos ao longo da nossa caminhada com cristo.

não sintam mágoa, pois, da religião, mesmo que ela nos exclua, vamos seguir o exemplo de jesus, vamos abençoa-los, amar-los incondicionalmente e continuar orando para que o espírito santo traga revelação a estas pessoas, a vingança, a ira, é de deus. a nós cabe sermos obedientes e seguir o grande mandamento: amai-vos uns aos outros como eu vos amei.

deus abencoe voces, amigos

Filipe

Comentar


De: "PN"
Assunto:  A minha proposta
Data: Domingo, 6 de Abril de 2003 21:27

E se as pessoas, no lugar de se refugiarem na biblia, em  religiões, ou
seitas religiosas, simplesmente vivessem as suas vidas livremente e em
hamonia com os outros e consigo mesmas ? Parece-me ser uma boa  filosofia de
vida...
Eu nunca li a Biblia, embora sinta alguma curiosidade de o fazer. Mas sempre
acaba aparecendo algo melhor para ocupar o meu tempo...

Comentar

Regressar á página inicial